Categorias: ProUni

Segunda edição do ProUni 2015

Estudantes podem se inscrever para uma bolsa do ProUni até quinta-feira

Os estudantes que querem concorrer a uma bolsa do Programa Universidade para Todos (ProUni) 2015 podem se inscrever, pela internet, de hoje (16) até quinta-feira (18). Nesta edição, o ProUni oferta 116 mil bolsas em 856 instituições privadas de ensino superior. O resultado da primeira chamada será divulgado no dia 22.

Das 116.004 bolsas disponíveis, 68.971 são integrais e 47.033, parciais. São Paulo é o estado com maior número de bolsas ofertadas, com 30.519, seguido de Minas Gerais (14.335) e do Rio Grande do Sul (8.088).

Para se inscrever, o candidato deve ter feito a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014 e obtido no mínimo 450 pontos na média das notas. Além disso, não pode ter tirado nota zero na redação. O candidato tem que informar o número de inscrição e a senha usados no Enem.

O ProUni concede bolsas de estudo integrais e parciais (50%) em instituições privadas de ensino superior, em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, a estudantes brasileiros, sem diploma de nível superior.

As bolsas integrais do programa são para os estudantes com renda bruta familiar, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. As bolsas parciais são destinadas aos candidatos com renda bruta familiar de até três salários mínimos, por pessoa.

O que é o ProUni

É um programa do Ministério da Educação, criado pelo Governo Federal em 2004, que concede bolsas de estudo integrais e parciais (50%) em instituições privadas de ensino superior, em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, a estudantes brasileiros, sem diploma de nível superior.

Podem participar:

– Estudantes egressos do ensino médio da rede pública ou da rede particular na condição de bolsistas integrais da própria escola;

– Estudantes com deficiência;

– Professores da rede pública de ensino do quadro permanente que concorrerem a cursos de licenciatura, nesse caso não é necessário comprovar renda.

Para concorrer às bolsas integrais, o candidato deve comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. Para as bolsas parciais (50%), a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa.

 

Redação

Aqui no vocênoenem você encontrará respostas para as dúvidas mais frequentes dos candidatos sobre o ENEM, ficando por dentro de todos os detalhes.

Deixe um comentário
Compartilhar
Publicado por

Posts Recentes

Pouco mais de um mês para o Enem Edição 2020

Com o adiamento da aplicação das provas do Enem 2020 devido a pandemia do Coronavírus,… Leia mais

1 dia atrás

Questões do Enem de 2009 a 2019

Os alunos que vão prestar o Enem contam com mais uma ferramenta pública para auxiliar… Leia mais

4 semanas atrás

Prazo para envio de foto do Enem foi prorrogado

Após diversas reclamações de problemas para carregar a foto no site do Exame Nacional do… Leia mais

1 mês atrás

Mais de 500 mil inscritos no Enem 2020 são treineiros

Dos mais de 5,7 milhões de inscritos para o Enem, mais de 500 mil são… Leia mais

3 meses atrás

Enem será aplicado em janeiro de 2021

O Exame Nacional do Ensino Médio edição 2020 já tem data marcada para acontecer! A… Leia mais

5 meses atrás

Já escolheu as datas do Enem 2020?

Após o adiamento do Exame Nacional do Ensino Médio 2020, o Enem, o Inep lançou… Leia mais

3 semanas atrás