Resultado do Enem é antecipado para 18 de janeiro

Divulgação do resultado do Enem é antecipado para 18 de janeiro

O Ministério da Educação antecipou em um dia a divulgação do resultado do Enem 2017. A partir de 18 de janeiro os estudantes poderão consultar os resultados individuais na Página do Participante, na internet. A nova data foi divulgada hoje (12) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

É necessário informar o CPF e a senha cadastrada no momento da inscrição no Enem. Quem não se lembra da senha pode recuperá-la na Página do Participante. É com ela que o estudante também terá acesso ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que ficará aberto de 29 de janeiro a 1º de fevereiro.

Os resultados dos participantes com menos de 18 anos, comumente chamados de treineiros, serão liberados 60 dias depois da divulgação regular. O mesmo prazo vale para os espelhos de correção das redações. O acesso ao espelho de correção é uma forma de o participante saber como se saiu em cada uma das cinco competências avaliadas pela prova.

Os estudantes podem usar o resultado das provas do Enem em processos seletivos para vagas no ensino público superior, pelo Sisu, para bolsas de estudo em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e para obter financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Consultar os Resultados do Enem 2017

Os estudantes que participaram das avaliações podem consultar seu aproveitamento individual acessando a página do Página do Participante, no Inep.

Para que o participante tenha fácil acesso é necessário ter em mãos seu CPF e a senha que foi usada na inscrição. Se por ventura você tenha esquecido sua senha, basta usar a opção (esqueci minha senha) que você encontrará na página do participante. A recuperação da senha é simples e feita instantaneamente. Para isso, deverão ser confirmados alguns dados pessoais, como CPF e endereço de e-mail ou número de celular pessoal e válido, por onde será enviada a nova senha provisória, que deverá ser utilizada no acesso imediatamente.

As provas do Enem são elaboradas com base na Teoria de Resposta ao Item (TRI), com esse método é possível saber o quanto o candidato realmente está preparado. Isso só é possível porque a TRI leva em conta, além do número de acertos, o nível de dificuldade de cada pergunta, analisando a coerência das respostas do estudante em todas as questões da prova.

As questões possuem níveis de dificuldades diferentes, se o candidato acerta muitas questões difíceis e erra as questões mais fáceis fica claro que o candidato apenas chutou nas questões. Feita essa análise o estudante perde pontos mesmo tendo um número grande de acertos.

Deixe seu Comentário

Seja o primeiro a Comentar!

avatar

© 2018 vocênoenem Todos os direitos reservados.

ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account