Veja o passo a passo para fazer a justificativa de ausência no Enem

Estudantes que tiveram isenção em 2021 e não compareceram ao exame terão que justificar ausência para pedir a gratuidade no Enem 2022.

Para isso, é preciso informar o motivo de você ter faltado e enviar os documentos que comprovem isso. Se não for apresentada essa justificativa, ou se ela for reprovada depois do recurso, você precisará pagar a taxa de inscrição. O candidato poderá fazer a justificativa de ausência no período estabelecido pelo Inep.

A justificativa de ausência deve ser feita na mesma página em que são realizados os pedidos de isenção do Enem, na Página do Participante. Confira as etapas para justificar a falta no Enem 2021:

Passo a passo para fazer a justificativa de ausência no Enem

Quem não possui o login único para acesso aos serviços prestados pelo Governo Federal pode criá-lo no endereço eletrônico acesso.gov.br. É necessário se cadastrar somente uma vez para ter acesso liberado a todos os serviços. O login único faz parte do processo de unificação de todos os serviços digitais dos órgãos públicos, alinhado ao Plano de Transformação Digital do Governo Federal. O cadastro garante maior segurança e transparência na utilização dos sistemas.

Confira o passo a passo para fazer a Justificativa de ausência/isenção

1. Acesse a Página do Participante e clique no botão “Justificativa de ausência/isenção”.

2. Em seguida, aponte a imagem solicitada para dar seguimento.

Acesse a Página do Participante e clique no botão "Justificativa de ausência/isenção".

3. Insira seus dados pessoais (CPF e data de nascimento).

Insira seus dados pessoais (CPF e data de nascimento).

4. Clique no botão “Iniciar a justificativa de ausência/isenção”. 

5. Você será direcionado para uma página que detalha os critérios para solicitar a isenção da taxa de inscrição. Caso você se enquadre nos requisitos, clique em “Li e concordo” e, depois, em “Próximo”.

Confira seus dados e clique em "Próximo".

6. Confira seus dados e clique em “Próximo”.  

Forneça o seu CEP e, em seguida, complete as informações do seu endereço.

7. Forneça o seu CEP e, em seguida, complete as informações do seu endereço. Clique em “Próximo”.

Forneça o seu CEP e, em seguida, complete as informações do seu endereço. Clique em "Próximo".

Forneça o numero do seu endereço. Clique em "Próximo".

8. Se você não compareceu aos dois dias de Enem, deverá justificar a ausência, enviando a documentação exigida. Clique em “Próximo”.

Se você não compareceu aos dois dias de Enem, deverá justificar a ausência

9. Informe o motivo da ausência e anexe a documentação exigida. Clique em “Próximo”.

Informe o motivo da ausência e anexe a documentação exigida

Anexe a documentação exigida

10. Detalhe a sua situação em relação ao ensino médio e, em seguida, qual tipo de escola frequentou. Clique em “Próximo”.

Detalhe a sua situação em relação ao ensino médio

11. Informe se obteve o certificado do ensino médio por meio do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja). Clique em “Próximo”.

12. Informe o tipo de ensino que teve e o ano de conclusão. Clique em “Próximo”.

13. Informe o seu Número de Identificação Social (NIS). Clique em “Próximo”.

14. Verifique todas as informações, descendo a barra de rolagem da tela e confirme a solicitação de isenção da taxa.

Verifique todas as informações, descendo a barra de rolagem da tela e confirme a solicitação de isenção da taxa.

15. Em seguida, responda ao Questionário Socioeconômico.

16. Após responder ao questionário e confirmar as respostas, informe os dados solicitados (telefone, celular e e-mail).

17. Envie uma foto para personalizar sua Página do Participante do Enem.

18. Por fim, confira as informações, descendo a barra de rolagem da tela, e clique em “Enviar solicitação”.

Atenção: Não se esqueça de que a aprovação da solicitação de isenção da taxa de inscrição não significa que você está inscrito no Enem. Para se inscrever, você precisa acessar a página do participante durante o período de inscrições..

Documentos aceitos na justificativa de ausência:

  • Acidente de Trânsito – Boletim de Ocorrência Policial; legível e datado; com nome completo, CPF e RG do participante. O Boletim deve relatar o acidente de trânsito, envolvendo o participante, ocorrido na data de aplicação do Enem 2017, antes das 13h (Horário de Brasília).
  • Assalto/Furto – Boletim de Ocorrência Policial; legível e datado; com nome completo, CPF e RG do participante. O Boletim deve relatar o assalto/furto, tendo o participante como vítima, ocorrido na data de aplicação do Enem 2017, antes das 13h (Horário de Brasília).
  • Casamento – Certidão de Casamento; legível e datada; com nome completo do participante. O casamento deve ter ocorrido, no máximo, nove dias antes da data de aplicação do Enem 2017.
  • Luto – Certidão de Óbito e documentação que comprove o parentesco com o participante. O óbito deve ter ocorrido, no máximo, oito dias antes da data de aplicação do Enem 2017. Parentesco válido: pai, mãe, responsável legal, companheiro, cônjuge, filho ou enteado.
  • Acompanhamento de cônjuge – Documento, expedido por autoridade constituída, que comprove o acompanhamento de cônjuge ou companheiro deslocado para outra cidade.
  • Problema de Saúde – Atestado Médico; legível e datado; com nome completo do participante; número do CRM (Conselho Regional de Medicina) e assinatura do médico. O Atestado deve especificar a necessidade de repouso na data de aplicação do Enem 2017. Também serão aceitos atestados de acompanhamento de familiar. Parentesco válido: pai, mãe, responsável legal, companheiro, cônjuge, filho ou enteado.
  • Licença Maternidade – Atestado Médico; legível e datado; com nome completo, CPF e RG da participante, identificada como mãe; número do CRM (Conselho Regional de Medicina) e assinatura do médico. O nascimento deve ter ocorrido, no máximo, 180 dias antes da data de aplicação do Enem 2017. Também são válidas licenças maternidades para casos de adoção documentados.
  • Licença Paternidade – Certidão de Nascimento; legível e datada; com nome completo, CPF e RG do participante, identificado como pai. O nascimento deve ter ocorrido, no máximo, cinco dias antes da data de aplicação do Enem 2017. Também são válidas licenças paternidades para casos de adoção documentados.
  • Trabalho – Declaração de exercício de atividade profissional; legível e datada; com nome completo, CPF e RG do participante; número do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) e identificação do empregador responsável pela declaração. O trabalho deve ter ocorrido na data de aplicação do Enem 2017.

Estão isentos do pagamento da taxa do Enem quem:

  • os alunos que estão cursando o terceiro ano do ensino médio na rede pública;
  • os candidatos que fizeram o Encceja e conseguiram a proficiência suficiente para o diploma nas áreas em que se inscreveram;
  • os alunos que cursaram todo o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista na rede privada e tenham renda per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio;
  • os candidatos que declaram estar em situação de vulnerabilidade socioeconômica por ser membro de família de baixa renda;
  • o participante que está inscrito no CadÚnico.

Caso o candidato que tenha feito a inscrição para o Enem do ano anterior e não tenha comparecido no dia do exame, terá que fazer a justificativa da ausência, caso contrário ele automaticamente perde o benefício de isenção para este ano de 2019, e terá que pagar a taxa de R$ 85.

Fique atento e por dentro de todas as informações sobre o Enem aqui no vocênoenem. Boa sorte!

Deixe seu Comentário