Categorias: Redação do ENEM

O que pode zerar a redação do Enem

Erros que você deve evitar para não zerar a redação do Enem

A redação do Enem é uma das partes mais importantes do exame. Quando bem feita, pode aumentar a média final da prova – por isso, é essencial que o estudante se dedique a ela, não importa qual curso queira fazer. Em 2015 mais de 53 mil candidatos que realizaram o exame zeraram a nota da redação do Enem. Outros 104 estudantes tiraram nota mil. O número de redações nota zero é bem menor do que na edição de 2014, quando 529.374 alunos zeraram. A diferença é que separam os candidatos que deixaram a redação em branco dos que realmente tiraram nota zero.

A nota da redação é zerada quando: o texto possui desenhos ou informações desconexas; o candidato deixa a prova em branco ou escreve menos de sete linhas; o participante desrespeita os Direitos Humanos; ou não segue o tipo de texto exigido -- dissertativo-argumentativo.
A maior parte dos candidatos tirou, em redação, nota entre 501 e 600 pontos (ao todo, 1.987.251 estudantes). Quase 1,4 milhão de alunos tiraram mais de 600 pontos.

O Edital do Enem prevê sete situações em que a redação do participante pode ser zerada ou anulada:

  1. Fuga total ao tema;
  2. Não obediência à estrutura dissertativo-argumentativa;
  3. Texto com até 7 linhas;
  4. Impropérios, desenhos e outras formas propositais de anulação ou parte do texto deliberadamente desconectada do tema proposto;
  5. Desrespeito aos direitos humanos;
  6. Redação em branco, mesmo com texto em rascunho.
  7. Cópia do texto motivador

Desde o Enem 2012 o MEC disponibiliza o espelho da correção da redação. No entanto, o participante ainda não pode solicitar revisão da nota. Vale lembrar que a maioria das universidades também não aceita revisão da nota das redações em seus vestibulares. Apesar das reclamações, o critério de correção da redação do Enem é mais rigoroso do que qualquer vestibular do Brasil.

Cartilha do participante na Redação do Enem 2016

A cartilha do participante na Redação do Enem 2016 detalha as cinco competências cobradas na prova e explica a metodologia adotada na correção do texto. Além disso, ela traz redações que obtiveram pontuação máxima – mil pontos – nas edições do Enem de 2013, 2014 e 2015, com comentários que explicitam os critérios utilizados nas correções.

Para que a redação seja corrigida, o estudante precisa demonstrar domínio da escrita, compreender a proposta do tema, saber argumentar sob seu ponto de vista, demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos e apresentar uma proposta de intervenção que respeite os direitos humanos.

Deixe um comentário
Compartilhar

Posts Recentes

Não haverá Enem em 2021

A divulgação de uma Portaria no DOU, levantou suspeitas sobre a realização do ENEM 2021,… Leia mais

2 dias atrás

Divulgado Edital Parcial do Enem 2021

Diferentemente de anos anteriores, o Inep divulgou nesta segunda, 03, o edital do Exame Nacional… Leia mais

2 semanas atrás

Inscrições abertas para o Sisu 2021

Os candidatos que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio em 2020, já podem se… Leia mais

1 mês atrás

Medias de Notas do Enem 2020

Apesar das dificuldades de acessos relatadas por diversos candidatos, os resultados do Enem foram liberados… Leia mais

2 meses atrás

Divulgação dos Resultados do Enem 2020

O Inep, autarquia responsável pela elaboração e aplicação do Enem, confirmou nesta sexta-feira a divulgação… Leia mais

2 meses atrás

Provas e Gabaritos do ENEM 2020

Treinar com provas antigas do Enem pode ajudar a se acostumar com o estilo das… Leia mais

4 meses atrás