Categorias: ProUni

Lista de espera do ProUni 2016

Estudantes têm até hoje para aderir à lista de espera do ProUni 2016

Hoje (29) é o último dia para os estudantes participarem da lista de espera do Programa Universidade para Todos (ProUni) 2016. Para aderir à lista, basta acessar o site do ProUni e confirmar a participação.  Podem se inscrever os estudantes que não foram pré-selecionados nas etapas anteriores do programa. A lista será usada pelas instituições de ensino para ocupar as bolsas de estudo que não foram preenchidas nas chamadas regulares.

O ProUni oferece bolsas de estudo de até 100% do valor da mensalidade em instituições particulares de educação superior, com base na nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e na renda dos estudantes. Nesta primeira edição de 2016, o programa teve 1.599.808 candidatos inscritos para concorrer a 203.602 bolsas.

A relação dos candidatos participantes será divulgada no dia 3 de março. Todos os estudantes incluídos na lista deverão comparecer, entre os dias 8 e 9 de março, às instituições de ensino e entregar a documentação que comprova as informações prestadas na inscrição. Os estudantes serão convocados pelas instituições de acordo com a nota que tiraram no Enem de 2015.

O candidato pode participar da lista de espera, exclusivamente para o curso correspondente à primeira opção feita na hora da inscrição no programa. Pode participar tanto aquele que não foi selecionado nas chamadas regulares quanto os que foram pré-selecionados na segunda opção de curso, mas que não tiveram turma formada.

Apenas aqueles cujas turmas correspondentes à primeira opção de curso não foram formadas, podem participar da lista de espera para a segunda opção de curso feita na hora da inscrição.

O que é o ProUni

É um programa do Ministério da Educação, criado pelo Governo Federal em 2004, que oferece bolsas de estudo integrais e parciais (50%) em instituições privadas de educação superior, em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, a estudantes brasileiros sem diploma de nível superior.

Podem participar:

- Estudantes egressos do ensino médio da rede pública.

- Estudantes egressos da rede particular, na condição de bolsistas integrais da própria escola.

- Estudantes com deficiência.

- Professores da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica, integrantes de quadro de pessoal permanente de instituição pública. Nesse caso, não é necessário comprovar renda.

Para concorrer às bolsas integrais, o candidato deve comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. Para as bolsas parciais (50%), a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa.

Deixe um comentário
Compartilhar
Tags: Enem

Posts Recentes

Divulgado Edital Parcial do Enem 2021

Diferentemente de anos anteriores, o Inep divulgou nesta segunda, 03, o edital do Exame Nacional… Leia mais

1 semana atrás

Inscrições abertas para o Sisu 2021

Os candidatos que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio em 2020, já podem se… Leia mais

1 mês atrás

Medias de Notas do Enem 2020

Apesar das dificuldades de acessos relatadas por diversos candidatos, os resultados do Enem foram liberados… Leia mais

1 mês atrás

Divulgação dos Resultados do Enem 2020

O Inep, autarquia responsável pela elaboração e aplicação do Enem, confirmou nesta sexta-feira a divulgação… Leia mais

2 meses atrás

Provas e Gabaritos do ENEM 2020

Treinar com provas antigas do Enem pode ajudar a se acostumar com o estilo das… Leia mais

3 meses atrás

Abstenção recorde marca primeiro dia do Enem 2020

O primeiro dia do Enem 2020 foi marcado pelo recorde de abstenções já registrado no… Leia mais

4 meses atrás