close

Inscrições para o Fies 2018 vão de 19 a 23 de fevereiro

As inscrições para o Fies 2018 (Fundo de Financiamento Estudantil) referentes ao primeiro semestre estarão abertas entre 19 e 23 de fevereiro. O Novo Fies, sancionado em 7 de dezembro de 2017 pelo presidente Michel Temer, é um modelo de financiamento estudantil moderno, que divide o programa em diferentes modalidades, oferecendo condições a quem mais precisa e uma escala de financiamentos que varia conforme a renda familiar do candidato. Do total de vagas ofertadas, 100 mil terão juros zero.

“Com o Novo Fies, uma das maiores novidades é a transparência das informações”, destaca o diretor de Políticas e Programas de Educação Superior do Ministério da Educação, Vicente Almeida. “O estudante passará a conhecer o valor integral do curso a ser financiado durante a assinatura do contrato. Isso melhora as condições de financiamento para o candidato, e essa transparência também vai ajudá-lo a escolher melhor o curso e a instituição”.

São 310 mil novas vagas para 2018. Na primeira modalidade, serão ofertadas 100 mil vagas com juros zero para os estudantes que tiverem uma renda per capita mensal familiar de até três salários mínimos. Candidatos incluídos nessa situação começarão a pagar as prestações respeitando o seu limite de renda; dessa forma, os encargos diminuem consideravelmente.


As outras duas modalidades de financiamento são para estudantes com renda familiar de até cinco salários mínimos. Para atender a essa parcela de candidatos, o Novo Fies terá recursos dos Fundos Constitucionais e de Desenvolvimento.


Seleção – Para poder concorrer a uma vaga, o candidato deverá cumprir por antecipação os seguintes requisitos: ter feito uma das edições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010, com média igual ou superior a 450 pontos, e não ter zerado a redação.

As inscrições serão realizadas exclusivamente pela internet, no site do Fies Seleção. Em caso de pré-seleção em uma das vagas disponíveis para financiamento, o estudante deverá complementar informações da sua inscrição e, posteriormente, fechar a contratação do financiamento.


Poderão ser financiados os cursos de graduação com conceito maior ou igual a três no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes) ofertados pelas instituições de ensino superior participantes do Fies. Também poderão participar do programa os cursos que, ainda não avaliados pelo Sinaes, estejam autorizados para funcionamento pelo cadastro do MEC. Durante o curso, o estudante deve ter rendimento para ser aprovado em todas as matérias.

Mais informações podem ser consultadas no site do programa.


Saiba como o Novo Fies pode ajudar

Quem pretende ingressar no Ensino Superior em 2018 poderá contar com as facilidades oferecidas pelo Novo Fies. As novas regras lançadas pelo Governo do Brasil começam a valer neste ano e vão beneficiar os estudantes que mais precisam. Além disso, elas dão mais transparência ao processo de financiamento do programa.


Ao todo, segundo o Ministério da Educação, serão ofertadas 310 mil vagas. Ficou interessado em ocupar uma delas? Então confira as vantagens que você terá com a reestruturação do Fies.

Juros Zero

Iniciar um curso superior e só começar a pagar mensalidade depois da formatura sem nada de juros. Parece um sonho, né? Mas essa é a principal novidade do Fies. A partir deste semestre, haverá a oferta de novas vagas com financiamento a juros zero para estudantes com renda familiar mensal de até três salários mínimos. Serão 100 mil vagas para essa categoria. Antes das mudanças, a taxa de juros era de 6,5% ao ano.

Mais opções de financiamento

O Fies agora tem modalidades específicas para as regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Quem mora nesses locais terá o curso financiado com recursos dos Fundos Constitucionais e de Desenvolvimento para os estudantes que tiverem uma renda per capita mensal familiar de até cinco salários mínimos. Para quem mora em outras regiões do País, o financiamento será realizado com recursos do BNDES.



Facilidade para colocar o pagamento em dia

Está com parcelas do financiamento vencidas? Não se preocupe. O Programa Especial de Regularização do Fies permite que o estudante que está com o contrato atrasado, com parcelas vencidas até 30 de abril de 2017, faça o pagamento quitando 20% do saldo devedor em cinco vezes e o restante em até 175 parcelas.

Recursos garantidos

Para garantir que você seja beneficiado pelo Fies neste ano e outras pessoas consigam o mesmo no futuro, o programa agora tem o Fundo Garantidor do Fies (FG-Fies). As instituições que participam do programa são obrigadas a aderir a esse fundo. Dessa forma, mesmo com o aporte da União, o fundo será formado principalmente por aportes das instituições. A previsão é criar um caixa de R$ 3 bilhões.

Pagamento sem estresse

Terminou o curso? É hora de pagar as parcelas. Caso esteja empregado, o estudante já começa a quitar o financiamento um mês após a formatura. O prazo máximo será de 14 anos. Ah! E não precisa se preocupar em ir ao banco, pegar fila ou em esquecer o dia de pagar o boleto: o valor do financiamento será descontado diretamente do salário do empregado que tiver contrato formal por meio do eSocial.




Tags : Fies
Redação

Autor (a) Redação


Aqui no vocênoenem você encontrará respostas para as dúvidas mais frequentes dos candidatos sobre o ENEM, ficando por dentro de todos os detalhes.



Deixe seu Comentário

avatar