close

Entenda como funciona e qual a mudança do Fies para 2019

Quem não tem possibilidades de pagar um curso superior pode tentar uma vaga no Fundo de Financiamento Estudantil, o Fies, programa criado pelo então Presidente Ernesto Geisel e remodelado pelo Governo Federal em 1999, que oferece financiamento estudantil para estudantes de baixa renda em instituições particulares. E para este ano, algumas alterações ocorreram, entenda como funciona e qual a mudança do Fies para 2019.

Bolsas de Estudo de até 75% - 100.000 Cursos

Quais são as modalidades do Fies 2019?

O Novo Fies – Ofertará vagas com juros zero para os estudantes que tiverem uma renda per capita mensal familiar de até três salários mínimos. E o limite na prestação a ser pago pelo estudante deve considerar a sua renda.

Para participar, o estudante deve ter participado da edição do Enem a partir da edição de 2010 e tenha obtido nota na prova igual ou superior a 450 pontos e nota superior a 0 na redação.


Esse financiamento é de responsabilidade de bancos públicos como o Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal.


P-Fies – Destinada aos estudantes com renda per capita mensal familiar de três até cinco salários mínimos e funciona com recursos dos Fundos Constitucionais e de Desenvolvimento e ainda, com os recursos dos Bancos privados participantes. O Financiamento estudantil que, no mercado, têm juros que variam de 1,9% a 2,5% ao mês.

A mudança ocorrida no Fies em 2019 é que, para participar do P-Fies não é necessário ter participado de edições do Enem, e a seleção é feita de acordo com a ordem de inscrição, ou seja, aluno que fizer a inscrição primeiro é que vai ter a vaga para ir para o banco fazer o contrato. Neste caso o financiamento é de responsabilidade de bancos privados.


Qual é a taxa de juros do Novo Fies e do P-Fies 2019?

A taxa de juros do Fies e P-Fies 2019 está dividida em 3 modalidades: I, II e III.

I – Taxa será de juros zero;


II – Variará de acordo com o banco; (Válida para o P-Fies)


III – Variará de acordo com o banco. (Válida para o P-Fies)

Quando o estudante começará a pagar o saldo devedor do Fies?

Quando o estudante finalizar o curso, começará a pagar já a partir do primeiro mês, desde que tenha condições. E quando possui renda o desconto é direto na fonte, dentro dos limites previstos na portaria, calculados sobre o maior valor entre o pagamento mínimo e o resultante da aplicação do percentual mensal vinculado à renda ou aos proventos mensais brutos do estudante financiado.

O estudante terá o prazo máximo de quatorze anos para quitação do contrato.





Tags : FiesNovo FiesP-Fies
Márcia Rabelo

Autor (a) Márcia Rabelo


Graduando em Administração de Empresas pela Universidade Nove de Julho, produtora/editora de textos e artigos para os sites vocênoenem, vocênoencceja, Clube DETRAN e i50, além de gerente de vendas no Grupo Barukar E-commerce.



Deixe seu Comentário

avatar