Categorias: ENEM 2021

Ficou mais difícil se preparar para o Enem 2017

As mudanças não mudarão o conceito, mas fica mais difícil se preparar para o Enem 2017

Com as mudanças divulgadas pelo Inep, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, ficará mais difícil se preparar para o Enem 2017. Apesar do Ministro da Educação, Mendonça Filho, declarar que nada muda no conceito do exame, muitos acreditam que irá aumentar a dificuldade. Isso porque teremos alteração não só nos dias de realização das provas como também a ordem de matérias.

Vamos simplificar. A redação será no primeiro domingo de prova juntamente com as 90 questões de linguagens e humanas. E apear de ser mantido o tempo de 5h30m, é bom ficar atento para não perder tempo desnecessariamente. Começando pela redação para ter a mente mais livre para o tema abordado e maior criatividade no desenvolvimento dela, mas não esqueça que terá que resolver as 90 questões, ou seja, o tempo deverá ser administrado da melhor forma.

Segundo professores de redação, o tempo a ser dedicado a princípio é de 1h20m, para que possa revisar o que foi escrito e também tenha tempo para ler e se concentrar na resolução das questões.

Tem ainda quem acredite no aumento da dificuldade devido a retirada do certificado de conclusão do ensino médio para quem realizava o Enem e conseguia nota mínima exigida, e que era mais procurado por aqueles que tinham feito supletivo.

Além disso tudo outro fator que não é novidade para quem participa do Enem é o cansaço. E como muitos acham que o desgaste da Redação no primeiro dia pode impactar no resultado do segundo domingo, a dica é tentar relaxar o máximo possível, mesmo que seja difícil.

Quais serão as mudanças para o Enem 2017

As mudanças divulgadas pelo MEC no início desse ano causaram um certo impacto nos futuros candidatos do Enem a partir de 2017, apesar de ter sido baseada em uma consulta pública realizada pelo órgão.

As principais mudanças serão:

  • Provas em 02 domingos seguidos – 05 e 12 de novembro;
  • Redação no primeiro dia de prova;
  • Veto para Certificado de Conclusão do Ensino Médio;
  • Isenção de pagamento de taxa para quem participa do CadÚnico;
  • Não será divulgado o ranking por escolas;

Dentre as mudanças citadas acima, vale ressaltar que a isenção de pagamento é para quem terminou o ensino médio em escolas públicas e pertencem ao CadÚnico, mas se por ventura fez a inscrição no ano anterior com isenção e não compareceu no dia da prova, o benefício será cortado a partir do ano seguinte.

O mais importante de tudo é a sua preparação, e mesmo com todas as mudanças a partir desse ano, não deixar que isso atrapalhe os seus estudos. Afinal, o Enem se tornou o maior vestibular do país, com milhões de brasileiros inscritos lutando pela tão sonhada vaga em uma universidade, seja ela pública ou particular. Então boa sorte e até a próxima!

Gostou? Então compartilhe na sua rede social!

Márcia Rabelo

Deixe um comentário
Compartilhar

Posts Recentes

Data de inscrição para o Enem 2021 é divulgada

A divulgação feita pelo Inep, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, confirma… Leia mais

11 horas atrás

Enem 2021 - Prazo para pedido de isenção de taxa de inscrição

Apesar da possibilidade do Exame Nacional do Ensino Médio não ser aplicado neste ano, começa… Leia mais

12 horas atrás

Não haverá Enem em 2021

A divulgação de uma Portaria no DOU, levantou suspeitas sobre a realização do ENEM 2021,… Leia mais

4 dias atrás

Divulgado Edital Parcial do Enem 2021

Diferentemente de anos anteriores, o Inep divulgou nesta segunda, 03, o edital do Exame Nacional… Leia mais

2 semanas atrás

Inscrições abertas para o Sisu 2021

Os candidatos que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio em 2020, já podem se… Leia mais

1 mês atrás

Medias de Notas do Enem 2020

Apesar das dificuldades de acessos relatadas por diversos candidatos, os resultados do Enem foram liberados… Leia mais

2 meses atrás