close

Fique por dentro e entenda como serão as novas regras do Fies para 2019

O Fies, Fundo de Financiamento Estudantil, beneficia milhares de estudantes de todo o país a ingressarem no ensino superior particular. Com mudanças já divulgadas no ano passado, entenda como serão as novas regras do Fies para 2019, cuja divulgação foi feita no Diário Oficial na Portaria 1.435 do dia 28 de dezembro de 2018, onde estabelece as novas regras do Fies para 2019.

Bolsas de Estudo de até 75% - 100.000 Cursos

Quem poderá se inscrever no Fies 2019?

I – Ter participado do Enem a partir da edição de 2010 e obtido média aritmética igual ou superior a 450 pontos e nota na redação superior a zero;

II – Possuir renda familiar mensal bruta per capita de:


  1. a) até três salários mínimos, na modalidade de financiamento do Fies,
  2. b) até cinco salários mínimos, na modalidade de financiamento do P-Fies,

Parágrafo único. Compete exclusivamente ao candidato certificar-se de que cumpre os requisitos estabelecidos para concorrer ao processo seletivo de que trata esta Portaria Normativa, observadas as vedações previstas na Portaria MEC nº 209, de 2018, nos demais normativos do Fies e do P-Fies e nas Resoluções do CG-Fies.

Vale lembrar que as inscrições para o Fies são feitas exclusivamente pela internet.

Qual a Diferença do Fies para o P-Fies?

O Fies – Os financiamentos concedidos com recursos do Fies, para estudantes com renda familiar per capita de até 3 salários mínimos, com taxa real zero de juros. É feita pelo Caixa e pelo Banco do Brasil. Para participar, o candidato precisa, obrigatoriamente, ter feito o Enem em alguma edição a partir de 2010.


O P-Fies – Programa de Financiamento Estudantil, destinado à concessão de financiamento a estudantes em cursos superiores não gratuitos, com renda de até cinco salários mínimos, na modalidade de financiamento do P-Fies. As condições de concessão do financiamento ao estudante serão definidas entre o agente financeiro operador do crédito (banco particular), a instituição de ensino superior e o estudante. A taxa de juro é diferenciada, porém, não zero. A mudança para este ano de 2019 é que, não é mais necessário que o candidato tenha participado de alguma edição anterior do Enem para se candidatar a uma vaga do P-Fies. As vagas serão por ordem de inscrição.

Como será feita a inscrição para o Fies 2019?

Para fazer a inscrição, o candidato deve ter em mãos o CPF e acessar o link da seleção. A partir daí deverá escolher o curso, turno, instituição, podendo ter até 3 opções de escolha. O próprio sistema do Fies divulgará os selecionados a partir do fim do período de inscrição.

Quando será liberado o cronograma do Fies 2019?

Apesar da liberação da Portaria 1.435 sobre as regras do Novo Fies, o Governo Federal, por meio do MEC, ainda não liberou o cronograma de inscrição para o Fies 2018. Mas assim que for feita a divulgação você saberá aqui, no vocênoenem. Boa sorte!




Tags : FiesNovo FiesP-Fies
Márcia Rabelo

Autor (a) Márcia Rabelo

Graduando em Administração de Empresas pela Universidade Nove de Julho, produtora/editora de textos e artigos para os sites vocênoenem, vocênoencceja, Clube DETRAN e i50, além de gerente de vendas no Grupo Barukar E-commerce.



Deixe seu Comentário

avatar