close

Dicas para melhor aproveitar o SisuProfessor dá dicas para melhor aproveitar o Sisu: Uma boa pesquisa e disponibilidade para sair da própria cidade são fatores que podem ajudar o candidato a aproveitar melhor as vantagens do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), diz Marcelo Freire, professor de língua portuguesa do curso pré-vestibular Alub, em Brasília. Segundo último balanço divulgado pelo Ministério da Educação (MEC), havia 738.439 candidatos inscritos para 39.724 vagas em 54 instituições de ensino – média de quase 19 candidatos por vaga.

Neste sistema, explica Freire, “aquele estudante com duas opções de curso e que pode ir para qualquer lugar, dificilmente fica sem vaga”. E esses candidatos são poucos. Segundo os dados do MEC, no primeiro semestre deste ano, apenas 13% dos aprovados saíram de suas cidades para cursar o ensino superior pelo Sisu.

O Sisu, como um sistema nacional, permite que o estudante seja selecionado, pela nota no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), para instituições públicas de educação superior em todo o país. Permite também que o candidato escolha até duas opções de curso. Outra vantagem oferecida é que os candidatos podem, até o fim do prazo de inscrição, mudar as opções de curso. O site disponibiliza a nota de corte e a classificação parcial para que o candidato avalie as chances de passar.


O professor recomenda que os candidatos estejam atentos e mudem as opções de acordo com o interesse, mas que isso seja feito com cuidado e não sem uma pesquisa prévia. “Aquele que fez uma boa pesquisa tem uma listinha com dez ou 12 opções e pode mudar conforme a nota de corte e as chances”.


De acordo com o professor, o Sisu pode ser uma armadilha para aqueles que querem apenas passar na universidade. Segundo ele, um dos grandes problemas é que esses alunos acabam abandonando o curso, e isso sai caro para a universidade, que não tem a vaga reposta para o semestre.

Para aqueles que sabem o que querem, no entanto, “vale a pena traçar uma estratégia de estudos para conseguir o que quer”, garante Freire. Para os que ainda não se decidiram, uma boa pesquisa pode apontar “um curso sob medida, mesmo que esteja fora dos 20 ou 30 mais procurados. Existem muitas opções que os candidatos desconhecem e que atenderiam muito melhor ao que buscam.”


Podem se inscrever nesta edição do Sisu os estudantes que participaram da edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) do ano passado que não tenham tirado zero na redação. Na página do sistema de seleção estão disponíveis as etapas da inscrição para orientar os candidatos. No próprio sistema, o estudante pode tirar dúvidas sobre notas de corte, datas das chamadas, período de matrículas nas instituições, resultados e lista de espera.

A primeira chamada está marcada para o dia 17 deste mês e a segunda, para 1° de julho de 2013. As matrículas da primeira chamada ocorrerão nos dias 21, 24 e 25 próximos e as da segunda chamada, em 5, 8 e 9 de julho de 2013. Fonte: Agência Brasil




Tags : SisuSisu 2013
Redação

Autor (a) Redação


Aqui no vocênoenem você encontrará respostas para as dúvidas mais frequentes dos candidatos sobre o ENEM, ficando por dentro de todos os detalhes.



Deixe seu Comentário

avatar