close
ProUni 2018

Abertas as inscrições para bolsas remanescentes do ProUni

Inscrições para 106.252 bolsas remanescentes do ProUni relativas ao segundo semestre estão abertas

Estão abertas as inscrições para as bolsas remanescentes do ProUni (Programa Universidade para Todos) referentes ao segundo semestre de 2018. Nesta edição, estão sendo ofertadas 106.252 bolsas remanescentes, sendo 18.070 integrais e 88.182 parciais de 50%.

Estudantes matriculados em instituições de educação superior podem se inscrever até 28 de setembro. Para aqueles que ainda não possuem matrícula, o prazo é menor e vai até 24 de agosto. Todo o processo de inscrições é realizado somente pela internet, na página do ProUni, onde também é possível acompanhar o calendário e os resultados, e tirar dúvidas.

O benefício pode ser utilizado para cursos de graduação de instituições privadas de educação superior. As bolsas integrais se destinam aos estudantes com renda per capita de até 1,5 salário mínimo. Já as parciais são direcionadas a candidatos com renda familiar per capita de até três salários mínimos.

As vagas se destinam a brasileiros sem diploma de curso superior e que tenham participado de alguma edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010, com nota superior a 450 pontos e sem ter zerado a prova de redação. É necessário, ainda, que o candidato atenda a pelo menos um dos seguintes requisitos: ter cursado o ensino médio completo em escola pública ou em instituição privada como bolsista integral, ter alguma deficiência, ser professor da rede pública ou estar enquadrado no perfil de renda exigido pelo programa.


Como fazer a inscrição para a bolsa remanescente do ProUni?

A inscrição é gratuita e efetuada exclusivamente pela internet, acessando a página do ProUni no endereço eletrônico.

Antes de iniciar a inscrição, o candidato deve se cadastrar no sistema de bolsas remanescentes do ProUni.

No cadastro, o candidato deve informar o seu CPF e a sua data de nascimento. A partir desses dados, o sistema automaticamente verificará se o candidato participou do Enem, a partir da edição de 2010, e se obteve, em uma mesma edição do referido exame, média das notas nas provas igual ou superior a 450 pontos e nota superior a zero na redação.

Havendo registro de participação no Enem, o sistema pedirá que o candidato cadastre uma senha, com a qual acessará o sistema para se inscrever às bolsas remanescentes, e que informe um e-mail válido, para o qual será enviado o link de ativação do cadastro.


O professor da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica e do quadro de pessoal permanente da instituição pública, pode se inscrever para bolsas nos cursos com grau de licenciatura independentemente de ter participado do Enem. Assim, basta que o candidato informe que é professor para prosseguir com o seu cadastro.

Após a ativação do cadastro, o candidato deve acessar o sistema de inscrição informando o seu CPF e a senha cadastrada.

O que é o ProUni?

O Programa Universidade para Todos – ProUni tem como finalidade a concessão de bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, em instituições de ensino superior privadas. Criado pelo Governo Federal em 2004 e institucionalizado pela Lei nº 11.096, em 13 de janeiro de 2005 oferece, em contrapartida, isenção de tributos àquelas instituições que aderem ao Programa.

Dirigido aos estudantes egressos do ensino médio da rede pública ou da rede particular na condição de bolsistas integrais, com renda familiar per capita máxima de três salários mínimos, o ProUni conta com um sistema de seleção informatizado e impessoal, que confere transparência e segurança ao processo. Os candidatos são selecionados pelas notas obtidas no Exame Nacional do Ensino Médio – Enem conjugando-se, desse modo, inclusão à qualidade e mérito dos estudantes com melhores desempenhos acadêmicos.


O Programa possui também ações conjuntas de incentivo à permanência dos estudantes nas instituições, como a Bolsa Permanência e ainda o Fundo de Financiamento Estudantil – Fies, que possibilita ao bolsista parcial financiar parte da mensalidade não coberta pela bolsa do programa.

O ProUni já atendeu, desde sua criação até o processo seletivo do segundo semestre de 2016, mais de 1,9 milhão de estudantes, sendo 70% com bolsas integrais.

O Programa Universidade para Todos, somado ao Fies, ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu), ao Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni), a Universidade Aberta do Brasil (UAB) e a expansão da rede federal de educação profissional e tecnológica ampliam significativamente o número de vagas na educação superior, contribuindo para um maior acesso dos jovens à educação superior.


Tags : Bolsa de EstudosProUni
Redação

Autor (a) Redação

Aqui no vocênoenem você encontrará respostas para as dúvidas mais frequentes dos candidatos sobre o ENEM 2018, ficando por dentro de todos os detalhes.

Deixe seu Comentário

avatar